01/03/2015

A Menina Que Roubava Livros por Markus Zusak

Olá galerinha, aqui é a Gabi outra vez e eu vim trazer para vocês hoje a resenha de A Menina que Roubava Livros, um dos meus livros favoritos.


⭐⭐⭐⭐⭐
Título: A menina que roubava livros
Autor: Markus Zusak
Páginas: 480
Compre em: Livraria Cultura

O livro é narrado pela morte, e conta a historia de Liesel Meminger (uma criança com aproximadamente 9 anos, no iníco da historia) que é adotada por um casal de alemães: Rosa e Hans Hubermann.
A menina é levada de trem por sua mãe biológica junto de seu irmão para um ponto de encontro onde as crianças serão entregues para conhecerão sua nova família, porém seu irmão morre na viagem e é velado e enterrado na neve numa parada que o trem faz. Acontecimento que marca muito a garota. Nesse pequeno velório celebrado por Liesel, sua mãe e dois coveiros, a menina encontra o primeiro livro de muitos que ainda roubará: O Manual do Coveiro.
Ao chegar em sua nova casa, descobre que Rosa, sua nova mãe é rude, autoritária e habituada a falar palavrões, exatamente o oposto de Hans, seu novo pai, pelo qual ela logo se apega.
Hans um dia, trocando as roupas de cama de Liesel, descobre o livro surrupiado do coveiro e pergunta sobre a origem dele à menina. Quando ela lhe conta sobre e diz também que não sabe ler, ele passa a lhe dar aulas durante a madrugada entre musicas tocadas em seu acordeon.
E ai começa o contato com as palavras, que serão tão importantes para ela durante toda sua historia.
Durante os dias Liesel brinca na rua com as demais crianças após suas aulas diárias.
Em sua primeira vez na rua, vendo os meninos brincarem de bola, ela conhece Rudy Steiner. Um garoto que a morte narra como tendo os cabelos cor limão. Rudy e Liesel se tornam amigos inseparáveis. Sendo ele o porto seguro de Liesel no colégio,na sala de sula e em todos os lugares nos quais eles vão.
Rosa, que trabalha lavando e passando as roupas de pessoas ricas da cidade, decide mandar sua mais nova filha para fazer a entrega das roupas limpas e recolher as roupas a serem lavadas. Em uma dessa entregas Liesel conhece a esposa do prefeito, que a convida para entrar. Ela fica no corredor da casa, na primeira das vezes que é convidada, porém em outra oportunidade que tem, ela conhece a biblioteca da casa, fica encantada e tem a oportunidade de passar horas lendo naquele ambiente que a deslumbra.
Uma crise causada pela guerra, faz com que o prefeito e sua mulher dispensem os serviços de Rosa, assim como outras pessoas para as quais ela trabalhava. Liesel sente muita raiva e decide roubar livros da biblioteca que antes sempre frequentava, alguns até, na companhia de Rudy, seu segundo amigo mais querido à essa altura, pois sua família, abriga um judeu que foge dos nazistas. Max Vandenburg, como se chama é encontrado por Liesel em seu porão, em uma de suas visitas ao dicionário que Hans faz para ela nas paredes.
Quando os bombardeios de guerra começam a atingir a região onde eles vivem, começa uma buscar do governo por porões que sejam profundos o bastante para abrigar as pessoas de acordo com suas ruas. Por pura sorte de Max, o porão da casa dos Hubermanns não é profundo o bastante para servir de abrigo e no primeiro bombardeio todos, exceto ele,vão para o porão de outra casa. Isso abala muito Liesel, que teme perder Max, caso a casa seja atingida.
Nessa fase da vida de Liesel, ela se apega muito às palavras e é obrigada a lidar com várias perdas, a partir desse ponto, e sofre bastante.
O livro tem um cenário singelo, um enredo singelo que tornam a historia muito fofa e encantadora.
A adaptação cinematográfica fiel à historia do livro, me deixou muito contente! Tive muito medo de que a história do livro fosse esquecida, medo de ver outra Liesel, outro Max. Mas não! O filme foi super fiel ao livro.
Quem não leu o livro ainda, leia!
Quem já leu, r-e-l-e-i-a! A história é excepcional. 
E Quando a morte conta uma historia você deve parar para ouvir.
Vou ficando por aqui, espero que tenham gostado, fiquei com medo de dar algum spoiler, então fiz uma resenha bem sucinta.
Compartilhe com seus amigos, deixe 1+ aqui em baixo e INSCREVAM-SE NO BLOG!!! Beijos.